Igualzinho ao da Mamãe


A vida do jovem casal, ainda no início da convivência matrimonial, parecia ir bem, não fosse pelo fato do marido ser viciado em comer ovo frito, arroz e feijão todo santo dia.

A jovem esposa se esforçava e se esmerava na preparação do almoço, mas por mais que caprichasse sempre ouvia:

ESTÁ BOM, MAS NÃO É IGUAL AO QUE A MAMÃE FAZ!

Ela buscava novas receitas, conversava com as vizinhas mais experientes, trocava a marca do arroz e comprava vários tipos de óleo para fritar os ovos, tudo em vão, pois ouvia sempre a mesma ladainha:

– AI QUE SAUDADE DA COMIDA DA MAMÃE!

Já desanimada e sem vislumbrar uma solução para seus dotes culinários, resolveu ir até a casa da sogra, e pedir-lhe ajuda.

A sogra morava longe, e não tinha telefone, mas a jovem disposta a não mais ouvir as lamentações do marido deixou um bilhete sobre o fogão e saiu em busca da solução dos seus problemas.

Parecia porém que aquele não era seu dia, a sogra não estava em casa e ela perdeu a viagem, bem como a hora de preparar o almoço; voltou, e as pressas nervosa e já chorando, começou a cozinhar: o arroz ficou uma “papa”, o feijão “duro” e o ovo “queimou”. (tragédia total)

Trancou-se no quarto e não quis encarar o marido que entrara e já se servira, pois tinha pressa em retornar ao trabalho. Ele a chamou, mas ela com medo não respondeu, dando a impressão de que havia saído. Ele encontrou um bilhete dizendo:

“FUI ATÉ A CASA DA SUA MÃE”.

O marido almoçou e se foi. Ela envergonhada saiu do quarto, e qual não foi a sua surpresa quando, ao chegar na cozinha, encontrou uma flor colhida as pressas do jardim da casa, e um bilhete do marido dizendo:

“OBRIGADO, AMOR, AGORA SIM VOCÊ ESTÁ COZINHANDO IGUALZINHO A MAMÃE, TE AMO!”

Veja como é difícil agradar alguém quando não percebemos o que esse alguém espera de nós . Por outro lado, as vezes é mais simples do que esperamos.

Igualzinho ao da Mamãe

Igualzinho ao da Mamãe

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*