Deixe sua Luz Brilhar


Naquele reino distante, a população foi tomada de súbito pavor.

Repentinamente, em pleno dia, sem nenhuma explicação, o céu escureceu-se e fez-se a mais profunda e densa escuridão.

Ninguém enxergava coisa alguma que estivesse a poucos centímetros dos olhos.

As pessoas gritavam desesperadas, mulheres choravam compulsivamente, homens amaldiçoavam o fim do mundo.

Enquanto o desespero aumentava, alguém pegou uma pequena vela e acendeu-a.

Tão densas eram as trevas, que aquela vela pouco iluminou, mas sua luz foi suficiente para que outra pessoa também encontrasse uma vela para acender, e outra se sentisse reconfortada pela luz, e outra deixasse de chorar, e outra fosse também procurar uma fonte de luz.

Estamos em uma era de trevas, mesmo os não-cristãos reconhecem isso, tão densas trevas, que muitos filhos de Deus, aqueles que em Sua Palavra são chamados de “luz do mundo”, “filhos da luz”, “luzeiros”, têm-se omitido em sua missão de iluminar.

Nos escritórios, nas fábricas, nas faculdades, nas empresas etc., vemos cristãos que escondem o fato de serem cristãos, por temer a zombaria sobre sua luz ou por que sua luz nada consiga mudar naquele lugar.

Precisamos ser ousados e deixar a luz de Deus brilhar em nós.

O homem não foi feito para andar em trevas, mas para viver na luz de Deus.

Por isso precisamos deixar a luz brilhar, mesmo que ela seja como a de uma pequena vela em meio às trevas que nos cercam.

Isso conduzirá muitos ao reino da luz.

Deus nos constituiu ministros para converter os povos das trevas para Sua maravilhosa luz (Atos 26:16-18 ; 1Pedro2:9).

Extraído do livro: Em tudo uma lição Estrelas no Poço Ed. Árvore da vida

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*