Na Senda do Cristo – Emmanuel


“Amai os vossos inimigos e orai pelos que vos perseguem.”
Jesus. (Mateus. 5:44.)

O caminho de Jesus é de vitória da luz sobre as trevas e, por isso mesmo, repleto de obstáculos a vencer.

Senda de espinhos gerando flores, calvário e cruz indicando ressurreição…

O  próprio  Mestre,  desde  o  início  do  apostolado,  desvenda  às  criaturas  o  retiro  da elevação pelo sacrifício.

Sofre, renunciando ao divino esplendor do Céu, para acomodar-se à sombra terrestre na estrebaria.

Experimenta a incompreensão de sua época.
Auxilia sem paga.
Serve sem recompensa.
Padece a desconfiança dos mais amados.

Depois de oferecer sublime espetáculo de abnegação e grandeza, é içado ao madeiro por malfeitor comum.

Ainda assim, perdoa aos verdugos, olvida as ofensas e volta do túmulo para ajudar.

Todos os seus companheiros de ministério, restaurados na confiança, testemunharam a Boa Nova, atravessando dificuldade e luta, martírio e flagelação.

Inúteis, desse modo, nos círculos de nossa fé, os petitórios de protecionismo e vantagens inferiores.

Ressurgindo  no  Espiritismo,  o  Evangelho  faz-nos  sentir  que  tornamos  à  carne  para regenerar e reaprender.

Com o corpo físico, retomamos nossos débitos, nossas deficiências, nossas fraquezas e nossas aversões…

E não superaremos os entraves da própria liberação, providenciando ajuste inadequado com os nossos desejos inconseqüentes.

Acusar, reclamar, queixar-se, não são verbos conjugáveis no campo de nossos princípios.

Disse-nos o Senhor -“Amai os vossos inimigos e orai pelos que vos perseguem.”

Isso  não  quer  dizer  que  devamos  ajoelhar  em  pranto  de  penitência  pé  de  nossos adversários, mas sim que nos compete viver de tal modo que eles se sintam auxiliados por  nossa  atitude  e  por  nosso  exemplo,  renovando-se  para  a  o  bem,  de  vez  que, enquanto  houver  crime  e  sofrimento,  ignorância  e  miséria  no  mundo,  não  podemos encontrar sobre a Terra a luz do Reino do Céu.

Livro: Palavras de Vida Eterna
Médium: Francisco Cândido Xavier
Pelo Espírito: Emmanuel

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*