Um Lindo Céu


Ontem quando estava retornando para casa, por volta de 7h, fui contemplado com a visão do nascer do sol. Uma visão maravilhosa, o sol radioso cobria a horizonte de um laranja tão belo que me deixou encantado. Sua luz era tão forte que não me deixava encará-lo, mas ao mesmo tempo, era uma luz que atraia minha atenção para ele. A certo ponto, as nuvens cobriram o sol, podendo ele ser visto como que através de uma leve cortina, o que não diminuía seu encanto.

A sensação de paz que me envolvia era divina O calor que me era passado, parecia como um abraço muito forte e carinhoso. A energia vinda daquele astro me revigorou as forças no instante em que o olhei.

Parei-me a pensar nas obras que Deus fez para nós, todas as belezas da natureza, paisagens que só poderiam ser idealizadas e criadas por um ser divinamente supremo e amoroso. Paisagens com tamanho amor e perfeição, que nenhum ser humano poderia sonhar em realizar. Grandes dádivas generosamente cedidas a seres tão humildes como nós!

Todos os dias o mesmo sol nasce no mesmo horizonte, mas quantas vezes paramos para admirá-lo? Quantas vezes paramos para receber o calor divino? Quantas paisagens tão belas que não admiramos? Por causa da nossa agitação e correria diária, não reparamos nas arvores tão bem esculpidas para renovar nosso ar… Não reparamos na linda melodia dos pássaros que louvam a Deus todos os dias… Nem mesmo o luar temos tido tempo para admirar, ele que é tido como luz dos apaixonados…

Nossa vida está passando tão depressa e não estamos conseguindo absorver as maravilhas que Deus prepara para nós. Na nossa imperfeição, não somos capazes nem de agradecer pelas dádivas que nos são oferecidas. Tudo isso graças ao tempo, a quem nos fazemos prisioneiros, pondo nele todas as culpas pela nossa ignorância e teimosia em aceitar que Deus nos ama e nos quer bem.

Autor: Anderson Deula

1-3-um-lindo-ceu

1-3-um-lindo-ceu

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*