A maldade contra os animais


Há poucos dias presenciamos dois fatos com cachorros na frente de nossa casa, um atropelamento e um envenenamento.

No atropelamento, o motorista não queria prestar socorro ao pobre animal, após umas palavras trocadas entre visinhos ele se obrigou a levar a cadelinha para um veterinário. Não tivemos mais noticia da cachorrinha, segundo informações ela tinha se recuperado e estava para adoção.

No envenenamento, um cachorro que andava pelas ruas do bairro já fazia uns 04 anos foi envenenado e não conseguimos salvá-lo.

O que leva uma pessoa tida como “racional” a matar ou maltratar um pobre animal indefeso? Não há espaço suficiente no mundo para todos?

Quantos casos como estes ou piores vemos todos os dias? Porque o ser humano se vê no direito de maltratar estes pobres seres, também filhos de Deus, com destino a evolução assim como nós?

Ainda reside em alguns aquele instinto bárbaro do nosso passado. Não conseguiram se elevar o bastante para viver sem a matança desenfreada e sem conseqüências nesta vida. São ainda como os vikings que pensam poder saquear e matar por prazer sem um pingo de remorso.

Fica na consciência de cada um as atitudes que ela pratica. Pode-se mentir e fingir aos outros, mas não para nós mesmos.

Como temos escutado bastante nos últimos meses: “O plantio é livre, a colheita é obrigatória”. Certamente um dia a consciência irá cobrar estas atitudes e não tem como escapar a justiça divina.

Claro que não queremos o mal de nenhum individuo, queremos apenas que despertem a consciência para os enganos que estão cometendo e se redimam o quanto antes, para que a colheita não seja apenas de joio.

Não pedimos que amem os animais, pedimos apenas que não os maltratem. Se não os querem na sua casa, deixem que eles vivam no mundo que Deus deu a eles também. Tenham a caridade de não destruírem as obras de Deus.

Que a luz do Cristo possa iluminar os pensamentos e as atitudes de todos nós!

Autor: Anderson Deula

1-4-a-maldade-contra-os-animais

1-4-a-maldade-contra-os-animais

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*