O Senhor Abençoa o Justo – Salmo 05


1 [Ao maestro do coro. Com flautas. Salmo de Davi.]
2 Escuta, Senhor, as minhas palavras, atende a meu clamor;
3 fica atento à voz da minha prece, meu Rei e meu Deus.
4 Pois a ti suplico, Senhor, já de manhã ouves a minha voz, bem cedo te invoco e fico esperando.
5 Pois não és um Deus que gosta da maldade; o mau não encontra em ti acolhida;
6 os insolentes não agüentam ficar na tua presença.
7 Odeias todos os que fazem o mal, destróis os que falam mentira. O Senhor abomina quem derrama sangue ou comete fraude.
8 Eu, porém, confiado na tua grande piedade entro em tua casa, me prostro diante do teu santo templo no teu temor.
9 Senhor, guia-me na tua justiça, por causa dos meus inimigos aplana à minha frente teu caminho.
10 Pois não existe na boca deles sinceridade, seu coração é perverso, sua garganta é um sepulcro aberto, usam a língua para adular.
11 Castiga-os, ó Deus! que fracassem seus planos, em razão de seus muitos crimes rejeita-os, já que se revoltam contra ti.
12 Mas que se alegrem todos os que em ti se refugiam, exultem para sempre; Tu os proteges e em ti se rejubilem os que amam o teu nome.
13 Pois abençoas o justo, ó Senhor; como um escudo o cobre tua bondade.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*